Cultura

    

   .....Ana Luzia Rabelo

 

 

    A Prefeitura Municipal de Pains, através da Secretaria de Cultura irá auxiliar no cadastro dos artistas e espaços culturais, com o objetivo de agilizar o repasse de recursos da Lei Aldir Blanc, de emergência cultural aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente da República. O nome da lei é em homenagem ao compositor Aldir Blanc, vítima da Covid-19. Ele faleceu no Rio de Janeiro, em maio, aos 73 anos. Referência na Música Popular Brasileira, Blanc teve algumas de suas composições imortalizadas na voz de Elis Regina como “O Bêbado e a Equilibrista”.

   A iniciativa pretende ajudar profissionais e organizações culturais que perderam renda em razão da crise provocada pela pandemia do coronavírus. A Lei prevê repasse a estados e municípios que irão aplicá-lo em renda emergencial para profissionais de arte e cultura e também para gestão de espaços culturais.

   A renda será disponibilizada mensalmente, no valor de R$600, pagos em três parcelas.

O cadastro pode ser realizado até as 23h59 do dia 14 de agosto. Os profissionais de arte podem acessar o link abaixo para realizar o cadastro https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScAZfpVFkepiSPbFLgJT0PvOhTKnDGjvbjl-2HGJ1OVjdFCVg/viewform?usp=sf_link

Os artista que tiverem dificuldade em realizar o cadastro, podem procurar o Espaço Mais Culturas Alaor Vicente de Souza, localizado na Rua Vereador Pedro de Paula nº 449, de 8h às 11 horas que serão orientados.

Quem pode receber?

Trabalhadores com atuação no setor cultural nos últimos dois anos, que não tenham vínculo formal de emprego e não tenham recebido o auxílio emergencial federal ou outros benefícios previdenciários ou assistenciais, seguro-desemprego ou valores de programas de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família. Além disso, não pode ter recebido, em 2018, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

Quais espaços culturais podem receber?

O benefício será destinado a espaços culturais e artísticos com inscrição em cadastros estaduais, municipais ou distrital, organizações culturais comunitárias, cooperativas e instituições culturais com atividades interrompidas, como teatros independentes, escolas de música, dança, capoeira, circos, centros culturais, museus comunitários, espaços de comunidades indígenas ou quilombolas, festas populares e livrarias. As pessoas jurídicas beneficiadas, após o período da pandemia, deverão retribuir a ajuda financeira governamental por meio de atividades gratuitas em seus espaços para estudantes da rede pública ou para o público em geral em espaços livres.

Acesse a Lei na íntegra para maior entendimento: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2019-2022/2020/Lei/L14017.htm

...Luanna Oliveira

           

           

              Todo o empenho realizado pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Cultura trouxe ótimos resultados e motivos para celebrar.

              O Município de Pains alcançou a marca de 11,41 pontos, na avaliação do Programa de ICMS Cultural – exercício 2021. O resultado foi divulgado no site do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – Iepha-MG.

              A pontuação conquistada garante para o ano de 2021, recursos financeiros a serem aplicados no resgate e preservação da cultura.

              Esses recursos provenientes do ICMS referem-se ao investimento do Governo de Minas Gerais, que tem repassado o valor para preservação aos Municípios desde 1995.

.......Aryane Faria

A Biblioteca Pública Municipal Professora Maria Machado Goulart está sendo informatizada com o objetivo de ter um atendimento mais moderno.

Serão confeccionadas carteirinhas eletrônicas, com código de barras e os livros serão todos reclassificados para receberem, também, a identificação em código de barras.

            Desde 2017, a Biblioteca vem aumentando o seu acervo e agora está se modernizando para melhor atender os usuários.

A Biblioteca Pública Municipal está trabalhando em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, que disponibilizou uma bibliotecária para ajudar nesta empreitada.

......Secretaria Municipal de Cultura

 

           A Prefeitura Municipal de Pains, através da Secretaria de Cultura durante este momento de pandemia do novo coronavírus – COVID19 inscreveu a entidade “Grupo de Capoeira Legado do Alaor”, no edital do Governo de Minas Gerais “Arte Salva”, que oferecerá aporte financeiro de R$1.900,00 (aos projetos aprovados).

O Edital contempla ações de apoio às cadeias produtivas dos setores culturais, para auxiliar os interessados, mestres e detentores do patrimônio imaterial registrado, a desenvolverem suas ações culturais neste momento de isolamento social através da realização e execução de vídeos de expressão artístico-cultural que serão transmitidos em ambiente digital.

O Grupo de Capoeira Legado do Alaor” é uma entidade cultural painense que desenvolve diversos trabalhos na área social e cultural no município, através da preservação da arte da capoeira.

Atualmente a entidade é dirigida pelo Contra – Mestre de Capoeira Paulo César Emídio Borges, (Graduado pelo Grão Mestre Amadeu Martins, o renomado “Mestre Dunga”, do Estado da Bahia, membro da Associação denominada ABRACCE, Associação Brasileira de Capoeira Cordão de Ouro - Eu Bahia).

Link para Edital e documentos: http://www.cultura.mg.gov.br/gestor-cultural/fomento/fundo-estadual-de-cultura .

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Secretaria Municipal de Cultura por meio do e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

....Ana Luiza Rabelo

     Dobrados e composições modernas apresentadas por bandas de música alegraram o público presente no 8º Encontro de Bandas de Pains, na manhã do último domingo, 22, na Praça Tonico Rabelo. Maestros e músicos de Itaúna, Divinópolis, Bom Despacho, Lagoa da Prata e Campos Altos mostraram, com emoção, o talento que une a conservação de uma das mais autênticas manifestações culturais mineiras e a inovação de novos arranjos e apresentações.

Promovido pela administração Municipal através da Secretaria de Cultura, o Encontro de bandas emocionou e encantou o público.

Presente no evento, o prefeito Marco Aurélio Rabelo Gomes falou da importância do evento para a cultura e também parabenizou todo empenho dos músicos, além de agradecer a presença.  

"O Prefeito Marco Aurélio, o Vice-Prefeito Geraldo de Oliveira Couto, o vereador Leon Farnense e a Secretária de Cultura Márcia Rabelo, fizeram a entrega de medalhas e troféus aos representantes de cada banda.

"Parabenizo a Administração, pelo belíssimo Encontro de Bandas.Foi uma manhã maravilhosa, repleta das mais belas melodias, que embalaram os nobres sentimentos de quem as ouviu! São momentos de lazer e de apreciação, para aqueles que valorizam a boa e rica música brasileira e também estrangeira. A música é universal! Congratulações ao Excelentíssimo Prefeito Marco Aurélio, por nos proporcionar tão grande show de competência, dos artistas de nossa cidade e dos ilustres convidados". Ressaltou a painenese Divina Natico.

.... Ana Luiza Rabelo

     A Administração Municipal repassou recentemente R$ 21 mil reais Banda de Música Santa Cecília. O termo de colaboração foi assinado nos últimos dias pelo Prefeito Marco Aurélio Rabelo Gomes e o Presidente Adauto da Silva Cardoso.

   A Banda de Música Santa Cecília tem por objetivo a disseminação da arte e a manutenção de suas atividades como ensaios, apresentações, divulgação da Corporação Musical juntamente aos seus sócios integrantes e comunidade. Entre outros objetivos podem-se citar a preservação dessa forma de cultura e arte, contemplando assim a rica tradição painense.

Com o dinheiro repassado a banda irá realizar as seguintes atividades de acordo com o termo assinado:

*Aquisição de bens e móveis e demais materiais

*Confecção de uniformes

*Manutenção e reposição de instrumentos

*Aquisição e reposição de materiais de consumo

*Pagar as despesas com o mastro

Banda de Música santa Cecília

Fundada em 1920, pelo senhor Luiz Gonzaga de Souza, tendo como primeiro maestro, o painense Affonso Goulart, a Banda de Música Santa Cecília se firmou como uma das bandas mais tradicionais da região. O esforço, entusiasmo de seus músicos e a boa vontade do painense, Maestro Juca Batista ajudaram a Banda a atravessar momentos difíceis. Momentos este que serviram para impulsionar ainda mais os músicos, que, com força total elevaram o nome da Banda. O resultado de tudo isso, foi um grande trabalho sucesso. As visitas às cidades da região se tornaram uma constante desde então, sendo a Banda de Música Santa Cecília uma das poucas bandas que existem nas cidades circunvizinhas. Hoje, a Banda é um dos maiores orgulhos do povo painense, representando a cultura e a beleza da tradição.

Pagina 1 de 10

Brasão de acordo com a Lei Corel png

Prefeitura de Pains

Praça Tonico Rabelo, 164 – Centro

Pains/MG

Fone: (37)3323-1285

CNPJ: 20.920.575/0001-30

Insc. Est. isenta

 

Redes Sociais